A Infos

(en) anarkismo.net: The State of Climate Change by Bongani Maponyane - ZACF

The planet is warming. This is not new to the earth's history, which is billions of years old. But why the controversy regarding this fact? Does it lie in the association between climate change and the man-made contributing factors to this change? Is it because of the reality of the impact of the industrial age; the very foundations on which modern capitalism and empire has been built? Many within these industries spend billions on promoting the idea that climate change is a naturally-occurring phenomenon. But scientists around the world show convincingly that man-made fossil-fuel economies (economies built on the use of oil and coal, which release massive amounts of pollution and carbon dioxide into the atmosphere, creating the greenhouse effect and global warming) have contributed, over a short period of time, to rapidly accelerating the usual naturally-occurring effect. ...

(en) Britain, INTRODUCING FEDERALISM & FREE ASSOCIATION by afed

Federalism (in anarchism) is a mode of organisation where different individuals and groups form horizontal networks on the basis of offering solidarity and mutual aid in shared endeavours. Rather than having a top-down leadership, council, or centralised committee, a federation has a method of collective decision making that gives all parts of the organisation fair and equal input on decisions that are being made. ---- Membership of a federation is undertaken on the basis of free association. This means that potential members would be fully informed of the organisations structure and direction in advance of agreeing to join. Once part of the federation the new member could be involved in any decision making. The structures for making decisions would utilise some form of participatory direct democracy where each member has fair input. ...

(ca) Chile, periodico-solidaridad: Volver a las calles: Para hacer tortillas es necesario romper huevos

El próximo domingo se desarrollará una nueva marcha de memoria y lucha. Tras 42 años del golpe militar el modelo económico y quienes lo sustentan evidencian una inoperancia absoluta. ¿Qué nos queda a las y los trabajadores del país? ¿Sentarnos a esperar reformas que nunca llegarán o tomar el destino en nuestras propias manos? ---- Periódico Solidaridad ---- Es cierto que una crisis de legitimidad no termina con el modelo, pero la experiencia desde el año 2006 y sobre todo desde el 2011, marcaron el inicio de un ciclo ascendente de pequeñas pero importantes movilizaciones y destellos sociales. La incomodidad e indignación del movimiento popular se va manifestando con más fuerza, frente a un modelo que hasta hace poco tiempo parecía generar consensos transversales y mayoritarios en la sociedad chilena. ...

(pt) Eslovênia, Milhares de pessoas vão às ruas em manifestação em favor de refugiados (en)

Milhares de pessoas se manifestaram nesta quarta-feira (9) em Ljubljana, sob o lema "Bem-vindos, refugiados", para mostrar sua solidariedade com os imigrantes que entram na Europa e para exigir o fim das políticas racistas de imigração levadas a cabo por muitos Estados-Membros da União Europeia. ---- O ato, organizado pela Frente Anti-Racista Sem Fronteiras, uma coalizão de vários indivíduos e grupos, como a Federação Anarquista Eslovena (FAO), foi muito maior do que o previsto. Os participantes, de todas as idades, cantavam lemas condenando a xenofobia e as táticas do medo empregadas por muitos que se opõem aos refugiados. ---- "Abram as fronteiras", "Refugiados são bem-vindos", "Direito de asilo aos perseguidos", "Solidariedade com as pessoas refugiadas de todas as partes do mundo", "Abolição de todas as fronteiras", "Morte ao capital e a toda a sua miséria", ...

(en) Estonia, Tallinn Anarchist Bookfair 2015

The Tallinn Anarchist Bookfair is back! This year on Sunday, November 15th Telliskivi Loomelinnak is once again hosting the biggest alternative book fair in Estonia. Featuring a Free Book Exchange, Special Guests, Seminars, Vendors and much more! More details coming soon at http://www.a-bookfair.org/ https://www.facebook.com/events/862197323857348/ _________________________________________ A - I N F O S N E W S S E R V I C E By, For, and About Anarchists ...

(de) FAU-IAA: Direct Aktion #230 - Immer auf der Suche nach dem Weg -- Berührend thematisiert

Mit Ticktickboom, einem Zusammenschluss linker Rap-Artists, entstand vor gut drei Jahren ein bis in den Mainstream hineinstrahlender Leuchtturm linker Subkultur. Das von den hier aktiven Künstlerinnen und Künstlern vorgelebte Selbstbewusstsein entfaltete eine große Anziehungskraft und beförderte vor allem in jugendlichen Zusammenhängen eine starke Identifikation mit einem linken Szenehabitus - was nicht in geringstem negativ zu verstehen ist. Alternativen zum Jubelbetrieb auf die Gesellschaft, als welcher 99% der Kulturindustrie fungieren, können gar nicht genug wertgeschätzt werden. Dass es lohnend und notwendig ist, in das Rapgenre zu intervenieren, dürfte angesichts seiner schieren Fülle offensichtlich sein. Analysen zum klassen- und geschlechtsspezifischen Musikkonsum zeigen hier noch mal ganz eigene Handlungsoptionen und -Bedarfe auf. ...

(pt) Brazil, Coletivo Quebrando Muros - Terceirizadas da UFPR em Greve: A nossa luta é todo dia!

Na manhã do dia de hoje, 10 de setembro, as funcionárias da limpeza da UFPR deflagraram greve e paralisaram as atividades por conta do atraso do último salário, que deveria ter caído no último dia 6. ---- A Reitoria da universidade continua alegando que o atraso no pagamento de salários e bolsas aconteceu por conta da ocupação do prédio administrativo, que já dura 10 dias. ---- Reafirmamos que desde o início o movimento estudantil grevista esteve disposto a autorizar a entrada de funcionários no prédio para realização desses e outros pagamentos que forem necessários, pois não é objetivo da nossa luta prejudicar ainda mais estudantes e trabalhadores da universidade pública. ---- A nossa luta é por condições dignas de estudo e trabalho, e estamos lado-a-lado com as funcionárias da limpeza, da segurança, manutenção, cozinha, técnicos-administrativos e professores. ...

(pt) France, Alternative Libertaire 12º Congresso AL (Castillon-du-Gard, 2015) - ?Uma revisão: Na UTCL à alternativa Libertaire (en, it, fr) [traduccion automatica]

A gênese ---- Fora com o comunismo libertário fortemente tingida com ideologia ultra-esquerda da ORA (Organização Revolucionária Anarquista), o coletivo para UTCL nasceu em 1974 e publicou a primeira edição de seu jornal todo poder Trabalhadores Aux (TLPAT) em maio de 1976. O primeiro congresso da organização UTCL em 1978, seguido pela fusão com a OCA (Organização Anarquista de combate, após o anarquista Coordenação). ---- Inclinando-se contra um design luta de classes, UTCL é construído sobre uma base e uma prática massa obreirista de vontade. As análises e reflexões são selecionados de "materialismo dialético histórico" e sempre enfrentar as experiências de campo. ---- Assim, UTCL ela alcança uma síntese entre as contribuições positivas do trabalhador libertário atual, Bakunin, Marx, os marxistas não-dogmáticos e auto-gestão, e se recusa excede plataformismo anarquistas ...

(pt) Coletivo Mineiro Popular Anarquista COMPA - CONTRA A PEC 215! -- VIVA AS LUTAS DOS POVOS INDÍGENAS! -- VIVA O PODER POPULAR!

O COMPA solidariza-se através desta com os povos indígenas em sua luta pelo direito à terra. ---- A questão da terra no Brasil, e no mundo, tem tomado proporções cada vez maiores e mais violentas. ---- As forças do capital, sempre movidas pela sandice do poder político e econômico não veem barreiras e a todas e todos querem esmagar de modo cruel. São indiferentes ante o assassinato de pessoas de todas as idades, são insensíveis à diversidade de culturas, são frios ante a necessidade de conservação da natureza. Neste sentido podemos dizer que os valores do capital são contrários aos valores da vida. No Brasil sentimos isso de diversos modos, seja na cidade, seja no campo, seja na floresta. ---- A especulação imobiliária e as indústrias na cidade, o agronegócio e a mineração nas áreas de campo e floresta mostram suas garras monstruosas por onde passam. O ...

(pt) France, Alternative Libertaire AL dossier spécial sur l'éducation populaire - A luta de classes: quando a união faz escola (en, it, fr) [traduccion automatica]

Como chegar assalariados para agir aqui e agora, e agir de uma perspectiva de transformação social? Questão crucial para aqueles (AL e em outros lugares) que afirmam sindicalismo revolucionário. Existem duas abordagens complementares para isso: a prática de lutas coletivas, por um lado, a outra formação sindical. ----------- "O movimento sindical é o movimento da classe trabalhadora que quer atingir plena posse dos seus direitos na planta e na oficina; ele diz que esta conquista para alcançar a emancipação do trabalho é o produto de um esforço pessoal e direta exercida pelo trabalhador. A confiança no sacerdote de Deus, a confiança no poder dos políticos incutiu sindicalismo proletário moderno substitui a auto-confiança; rotulados na ação protetora de Deus e Poder, ele substitui a ação direta - orientada no sentido de uma revolução social - os interessados, ...

(it) France, Alternative Libertaire 12° Congresso AL (Castillon-du-Gard, 2015) - Una revisione: Dal UTCL di Alternative Libertaire (en, fr, pt) [traduzione automatica]

La genesi ---- Fuori con il comunismo libertario fortemente venato di ideologia ultra-sinistra ORA (Organizzazione Rivoluzionaria Anarchica), il collettivo per UTCL nato nel 1974 e ha pubblicato il primo numero del suo giornale tutti Aux alimentazione Lavoratori (TLPAT) nel maggio 1976. Il primo congresso dell'organizzazione UTCL nel 1978, seguita dalla fusione con l'OCA (Organizzazione Anarchica combattimento, dopo l'anarchico di coordinamento). ---- Appoggiato da un design lotta di classe, UTCL è costruita su una base e una pratica di massa operaista di volontà. Le analisi e le riflessioni sono proiettati di "materialismo dialettico storico» e sempre affrontare le esperienze sul campo. ---- Così, UTCL lei realizza una sintesi tra i contributi positivi della corrente libertaria operaio, Bakunin, Marx, i marxisti non dogmatici e di auto-gestione, e rifiuta ...

(it) anarkismo.net - Italia: ammortizzatori sociali e "patto di servizio" by donato romito & maurizio galici - Alternativa Libertaria/Fdca (en)

il Jobs Act colpisce ancora ---- entrerà in vigore nel 2016 il decreto sugli ammortizzatori sociali che si porta dentro 2 gravi novità: niente Cassa integrazione se l'azienda chiude e introduzione del "patto di servizio", che obbliga il lavoratore ad accettare un lavoro, un piano di formazione o di reinserimento lavorativo se non vuole perdere l'integrazione salariale. ---- Italia: ammortizzatori sociali e "patto di servizio" ---- Prosegue la decretazione governativa prevista dal Jobs Act. ---- Dopo i provvedimenti che hanno introdotto il contratto a tempo indeterminato a tutele crescenti in relazione all'anzianità di servizio, che hanno messo fine all'art.18 dello Statuto dei Lavoratori (ora si chiama "tutela reale contro il licenziamento illegittimo" in cui la reintegra diventa un caso eccezionale ed il giudice non ha più la possibilità nè di ...

(pt) France, Alternative Libertaire AL dossier spécial sur l'éducation populaire - Edições do exército de betão: Sim, o papel pode decidir (en, it, fr) [traduccion automatica]

Para resistir à hegemonia cultural das classes dominantes, o editorial coletivo Exército Betão publica livros de cheiro orgulho da classe e espírito rebelde dos bairros populares. --------- Hegemonia cultural é um conceito desenvolvido anteriormente por Antonio Gramsci, um ativista marxista italiano internado sob Mussolini, em torno de uma questão grávida sob o fascismo e que pode muito bem perguntar: "Por que é na maioria das vezes as pessoas do lado de aulas dominante? "Gramsci dá uma explicação: a hegemonia cultural das classes dominantes, que carrega a ideologia dominante dos explorados e desvia os seus próprios interesses. Ele também salienta a importância de os revolucionários não abandonaremos o campo cultural. ...

(it) anarkismo.net: Stiamo vincendo la battaglia sull'acqua by Brian Ancom - WSM (en)

L'imminente nostra dimostrazione di forza a Dublino il 29 agosto sarà una grandiosa mobilitazione di popolo da ogni angolo dell'isola per dire un sentito "No" al programma di tassare l'acqua deciso dal governo di Fine Gael e Laburisti. ---- La guerra dell'acqua ---- "Le gente dovrebbe pagare per l'acqua che usa" è il ritornello che spesso sentiamo nelle dichiarazioni di certi professionisti della menzogna seduti nel Dáil (camera dei deputati irlandese), i quali ignorano del tutto il fatto che noi già paghiamo l'acqua che usiamo per circa 1,2 miliardi di euro all'anno. Altrimenti come diavolo uscirebbe l'acqua dai nostri rubinetti quando li apriamo? ---- "Abbiamo bisogno di fare investimenti strutturali!" dicono questi politici. E' vero. Ma allora perchè il governo non investe le centinaia di milioni di euro dei contribuenti in riparazioni, miglioramenti e manutenzione ...

(it) France, Alternative Libertaire AL dossier spécial sur l'éducation populaire - Edizioni esercito concreti: Sì, la carta potrebbe decidere (en, fr, pt) [traduzione automatica]

Per resistere alla egemonia culturale delle classi dominanti, la redazione collettiva dell'esercito Calcestruzzo pubblica libri profumati orgoglio di classe e spirito ribelle dei quartieri popolari. ----------- Egemonia culturale è un concetto precedentemente sviluppato da Antonio Gramsci, un attivista italiano marxista internata sotto Mussolini, intorno a una domanda in stato di gravidanza durante il fascismo e che potrebbe chiedere: «Perché è la gente più spesso sul lato delle classi dominante? "Gramsci dà una spiegazione: l'egemonia culturale delle classi dominanti, che porta l'ideologia dominante degli sfruttati e devia i propri interessi. Egli sottolinea anche l'importanza per i rivoluzionari di non disertare il campo culturale. ---- Guardate verso Gramsci oggi aiuta a comprendere la grandezza della declina attivisti nei quartieri poveri. Vediamo, sopra la ...

(it) anarkismo.net: South Africa - DAL SALARIO DI ESISTENZA AL CONTROPOTERE DELLA CLASSE LAVORATRICE by Lucien van der Walt

Pur facendo parte della lotta, il salario di esistenza in sè non dovrebbe esserne il fine, bensì dovrebbe essere collegato alla più ampia lotta della classe lavoratrice per costruire quel contropotere che rovesci l'esistente struttura di potere. ---- IL SISTEMA SALARIALE ---- Il sistema salariale è il cuore della subordinazione della classe lavoratrice nel suo senso più ampio: i lavoratori, le loro famiglie, i disoccupati. Non possedendo nè indipendenti mezzi di esistenza -per esempio terreni o macchine produttive- nè potere di governo - per esempio una reale capacità decisionale- la classe lavoratrice è costretta a lavorare per un salario, per poter sopravvivere. ---- Anche coloro che non hanno un lavoro salariato dipendono, tramite i legami familiari, da coloro che hanno un lavoro dipendente; i disoccupati sono, soprattutto, lavoratori senza lavoro. In questo ...

(fr) France, Alternative Libertaire AL93 - politique, uéret: Cadenas contre défense nationale, le procès

La grotesque affaire du cadenas sur la gendarmerie d'Eymoutiers a été jugée le 3 septembre à Guéret. Le procureur s'est trouvé bien en peine de prouver qu'il y avait là matière à «nuire à la défense nationale»! ---- Deux cent personnes étaient venues exprimer leur solidarité à l'unique inculpé d'avoir voulu «nuire à la défense nationale». Après quelques recherches, les militants de l'Assemblée populaire de la montagne limousine ont retrouvé dans les archives un autre cas de recours à ce chef d'inculpation qui s'était déroulé en mai 1956 dans un autre village du Plateau, à la Villedieu. Il s'agissait de jeunes militaires appelés en Algérie et qui refusaient de prendre l'uniforme colonial: trois militants avaient alors été condamnés, dont le maire communiste du village. ...

(fr) salvador-segui FA - Guide des droits du jeune salarié

La CGT vient de publier un Guide des droits du jeune salarié. Il est disponible en libre téléchargement ici. http://cgt.fr/IMG/pdf/3_Guide_Salaries-2.pdf ---- Une lecture importante et un outil précieux pour se protéger de la délinquance patronale, à laquelle les jeunes travailleurs sont souvent confrontés, souvent par ignorance de leurs droits. Le guide est aussi utile, de manière générale, pour les autres salariés, qui ne connaissent pas toujours forcément mieux leurs droits. ---- Publié par Groupe Salvador-Segui de la Fédération anarchiste à 09:03 http://salvador-segui.blogspot.fr/2015/09/guide-des-droits-du-jeune-salarie.html ...

(pt) France, Alternative Libertaire AL dossier spécial sur l'éducation populaire - Os assistentes sociais: entre a consciência ea ação política (en, it, fr) [traduccion automatica]

Em práticas de educação popular, existem bons e menos bons. Tanto é assim que, por vezes, questionar os motivos de alguns e algumas: brilhar? se espuma? acreditar acima da batalha? Correndo o risco de ofender, deve ser lembrado aqui: Educação Popular está agindo como iguais, com humildade, e fazer avançar a nossa consciência de classe. ------------ Se você é um assistente social ou o professor, ter um olhar político no que fazemos - eo que fazemos o que fazemos - é fundamental. Muitos formação de educadores de jovens vagamente imaginar que eles vão fazer o trabalho abnegado, o que vai ajudar a tornar a sociedade melhor. ---- Mas uma vez que a excitação inicial caiu, sofreu as tensões e pressões torná-lo vulnerável. Por um lado, os grupos sociais a que você se confronta-E você considerar, com razão, como um colaborador do sistema. Muitos procuram a falha para fazer ...

(pt) France, Alternative Libertaire AL dossier spécial sur l'éducation populaire - Os assistentes sociais: entre a consciência ea ação política (en, it, fr) [traduccion automatica]

Em práticas de educação popular, existem bons e menos bons. Tanto é assim que, por vezes, questionar os motivos de alguns e algumas: brilhar? se espuma? acreditar acima da batalha? Correndo o risco de ofender, deve ser lembrado aqui: Educação Popular está agindo como iguais, com humildade, e fazer avançar a nossa consciência de classe. ------------ Se você é um assistente social ou o professor, ter um olhar político no que fazemos - eo que fazemos o que fazemos - é fundamental. Muitos formação de educadores de jovens vagamente imaginar que eles vão fazer o trabalho abnegado, o que vai ajudar a tornar a sociedade melhor. ---- Mas uma vez que a excitação inicial caiu, sofreu as tensões e pressões torná-lo vulnerável. Por um lado, os grupos sociais a que você se confronta-E você considerar, com razão, como um colaborador do sistema. Muitos procuram a falha para fazer ...

Pages